segunda-feira, 29 de novembro de 2010

COINCIDÊNCIAS?!?!



Fazia tempo que eu estava pra escrever esse Post, até que ontem aconteceu uma coisa tão legal que ia escrever outro post, mas tive outro sinal e resolvi dividir esse texto em dois.

Então vai lá:

1) Sempre acreditei muito em sinais, o que a maioria das pessoas chama de coincidência. Assim foi quando eu decidi morar em SP, e assim foi quando eu resolvi trocar Sampa por Montréal.

Acho que acontece com todo mundo, dúvidas surgem, incertezas surgem. Inúmeras vezes me perguntei se estava fazendo a coisa certa. Graças ao meu bom Deus e ao meu anjo da guarda, que é forte, os sinais vieram e muitas muitas e repetidas vezes. Acho que meu anjo sabe que eu sou cabeça-dura pra caramba (hehehe!) e então volta e meia eu topo com algum símbolo que relembre que o meu caminho agora é pro Norte (risos!).

Tipo, há duas semanas eu não sabia se comprava a passagem agora ou não. Aí eu saí de casa e topei com um edifício Montréal na minha frente (acho que já vi uns 5 em Porto Alegre), fui numa balada no sábado e um cara com uma camisa escrita Canada ficou quase toda a noite com os amigos topando comigo pelo bar e pista. Resolvi comprar a passagem. Aí tava me enrolando pra escrever, hoje ia escrever sobre o outro tópico e tava no ônibus, descendo na minha parada, e do lado da porta de saída um sujeito com um camisa com uma bandeira gigante da folha de plátano e escrito Canada. Desde o início do processo foram centenas de edifícios, roupas, enfim, diferentes referências escritas Toronto, Ottawa, Vancouver, Montréal, Quebec, Canadá, tudo que linkava e me dava uma lembrança do caminho a seguir.

Coincidência? Pra mim sinais...

2) Ontem fui ler meus emails e fiquei muito muito feliz com um em especial. Duas pessoas muito queridas, do meu passado de estudante universitário, a Andréia e o Vini, me escreveram pra dizer que estão reunindo documentos pra iniciar o processo de imigração pro Quebec e pedir umas dicas.

Inúmeras vezes tive e até externei pra algumas pessoas o seguinte pensamento... Uma das coisas mais difíceis de ir embora pra outro país é deixar as pessoas queridas e as lembranças aqui, se pudesse levava todo mundo comigo pra lá... Hoje senti exatamente isso, como se eu estivesse levando muitas pessoas queridas pra lá!

Meu círculo “familiar” no Canadá, em Montréal, vai ser infinitamente maior do que eu tive na minha chegada em São Paulo. Já chego contando com o apoio e podendo prestar apoio a muitos amigos... o Jorge, a Loriane e a Larinha, o Ricardo e a Ana, o Victor e a Dani, o Stefano, o Nicolas, e na seqüência esperando a chegada da Carla e da Andréia e do Vinicius.

É isso aí, uma grande história se começa com uma base forte tem tudo pra ser maior ainda!
Vamos plantar o Brasil no meio do gelo!!!

2 comentários:

  1. Aeee Odair... Essa é nossa família canadense... Ainda qdo vc chegar vai poder conhecer mais gente dessa família. Todos muito legais e sempre um ajudando o outro...

    Estamos esperando vc, a Ana e o Ricardo, e quem mais tiver pra vim pra agregar na nossa comunidade.

    Ah, e é muito bom saber que antigos amigos tb estão seguindo os mesmos passos q nós. Isso tb passa comigo!!!!

    Abraço!!!!

    Jorge Uvo
    http://uvosnumafria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Ja mandei email para vc, mas vou registrar...poxa to chique tem ate meu nome aqui!!! Obrigada...ameiii. Eh irei entre o fim do ano e inicio de 2012...mas a vontade eh de ir amanha....ameiiiiii este post eh o melhor!!!
    Jorge adoro seu blog tb, sao poucos os que sigo o Odair que me falou de vcs....Parabens pelos blogs ao mto bons e eh a forma q tenho de matar a anciedade e ficar mais proxima do canada enquanto o visto nao chega!! Bjs Boa sorte!!

    ResponderExcluir